Rio Branco, Acre, 26 de setembro de 2020

Acre registra maior geração de empregos com carteira assinada desde 2011

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), órgão ligado ao ministério da Economia, revelaram que o Acre fechou 2019 com a criação de 353 novos postos de trabalho com carteira assinada. O resultado é o melhor já registrado nos últimos oito anos e confirma o reaquecimento da economia local.

Ao todo, foram contabilizadas 27.927 contratações formais contra 27.574 demissões. Destaque para o mês de dezembro, quando foram geradas 559 vagas de emprego no Estado. Em comparação com 2018, o saldo é altamente positivo. Naquele ano, o Acre apresentou saldo negativo de -961 empregos.

O setor de serviços foi o que mais impulsionou a geração de novos postos de trabalho com 345 admissões. Seguido pela indústria de transformação (151) e a construção civil (148). O crescimento na criação de empregos em 2019 marcou o primeiro ano do governo Gladson Cameli.

Diante dos números positivos, o governador comemorou o resultado e afirmou que a retomada da economia vem sendo tratada com extrema prioridade desde o seu primeiro dia de gestão. Gladson acredita que o Acre já iniciou um novo tempo de prosperidade.

“Assumimos um Estado quebrado e com a maioria da população desacreditada por conta dos desmandos cometidos nos últimos 20 anos e que infelizmente nos colocaram nesta situação. Com muito esforço e seriedade, estamos trabalhando para construir um Acre melhor e os resultados começaram a aparecer. O aumento na geração de empregos com carteira assinada é o sinal que a nossa economia está reagindo e mostra que estamos no caminho certo”, afirmou Cameli.

O governador não tem dúvidas de que 2020 será um ano de grandes avanços para a população acreana. O governo se prepara com ousados investimentos que ultrapassam R$ 1,2 bilhão somente em grandes obras de infraestrutura. Gladson explicou que essas iniciativas estatais serão importantes para alavancar ainda mais diversos setores da economia local.

“Quando o Estado faz uma obra, não é só a construção civil que ganha, mas toda uma cadeia que faz a roda da economia girar e é isso que queremos para o Acre. Muitos empregos serão gerados este ano e tenho certeza que 2020 será muito bom, se Deus quiser. Vamos ter obras espalhadas em vários municípios e como a expectativa de crescimento do nosso país está muito boa, não tem como dar errado”, pontuou Gladson.

As construções do anel viário de Brasileia e Epitaciolândia, da nova orla de Rio Branco, do primeiro viaduto do Estado, restauração das rodovias estaduais e da aplicação de R$ 110 milhões na pavimentação de ramais fazem parte do cronograma estabelecido pelo governo do Estado para serem iniciados em 2020.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.