A Vigilância Epidemiológica de Cruzeiro do Sul continua realizando a borrifação de inseticida nos bairros e vilas. O Município já registrou 1.224 casos de dengue e o melhor tratamento, segue sendo a prevenção.

Segundo a responsável pela ação, Muana Araújo, tudo “está completamente dentro do programado”. Cruzeiro do Sul, que recebeu 400 litros do inseticida do Ministério da Saúde via secretaria estadual de Saúde (Sesacre), conta com dois carros para atender toda a cidade com a borrifação. Os veículos são responsabilidade da Sesacre.

De acordo com Muana, a ação vai chegar a todas as localidades de Cruzeiro do Sul, incluindo comunidades rurais.