Em meio aos alertas, “sapatinho de luxo” faz promoção e clientes se aglomeram em loja

A movimentação no Via Verde Shopping, em meio à crise causada pela pandemia do novo coronavírus parece não assustar quem busca bons preços. Tem ainda aqueles que pensar estar de férias, quando o governo ou empresas privadas os liberam do expediente físico no local de trabalho.

O que causa ainda mais preocupação, são empresários que, alheios a tudo que acontece no mundo, anuncia uma promoção de liquidação de sapatos. E foi isso que causou uma aglomeração polêmica na loja Sapatinho de Luxo e no corredor do Via Verde Shopping, em Rio Branco.

Procurado, o gerente da empresa explicou que a promoção foi lançada antes da publicação dos decretos de Situação de Emergência serem publicados pelo Palácio Rio Branco e pela Prefeitura de Rio Branco. Ele minimizou a situação ao dizer que chamou mais funcionários e fechou a loja por 40 minutos após a “confusão”.

Funcionários e lojistas de outras empresas que atuam no shopping foram taxativos ao dizer que a loja fez uma promoção irresponsável. “Simplesmente eles não têm condições de estar funcionando em plena pandemia como essa”, avaliou uma das funcionárias do shopping.

A lojista dona de empresa vizinha à Sapatinho de Luxo afirmou que os colegas empresários do shopping se sentiram desconfortáveis com a promoção. “Aqui a gente torce para todos darem certo, não é nada pessoal, só que ficou cheio de gente na loja, e só depois que organização. O pior é a Administração do shopping não falar nada”, reclama.

Um vídeo enviado ao portal Notícias da Hora mostra o momento em que clientes tentam entrar na loja a todo custo. Houve empurra-empurra e gritaria na porta da loja. Minutos depois uma fila se formou na frente da Sapatinho de Luxo, mas já era tarde: se alguém ali estivesse com o vírus da Covid-19, muito provavelmente alguém mais seria contaminado.

  • Com informações do portal Notícias da Hora.