Cosmo, Romário e Mazinho não comparecem à sessão para aprovar decreto de calamidade em Cruzeiro do Sul

Os vereadores do município de Cruzeiro do Sul, aprovaram, por unanimidade, o decreto de calamidade pública por conta da pandemia de Covid-19 em sessão extraordinária realizada nesta quarta-feira (25) na Câmara Municipal. O documento foi enviado pelo prefeito da cidade, Ilderlei Cordeiro.

Ao todo, foram 11 votos a favor do decreto que tem validade até 31 de dezembro de 2020. Os Vereadores Antônio Cosmo, Mazinho e Romário Tavares, ambos do MDB, não compareceram à sessão.

De acordo com um popular que acompanhava a sessão isso mostra o descaso de alguns de nossas representantes. “Nesse momento precisamos da união de todos, é vergonhoso ver vereadores fazerem pouco caso e não aparecerem na sessão para aprovar um decreto importante com o esse”, disse o cidadão.