Rio Branco, Acre, 3 de março de 2021

Educação quer levar merendeiras para cozinhar na maternidade, mas profissionais não mostram interesse

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

A coordenação da Regional de Educação de Cruzeiro do Sul, quer levar as merendeiras de escolas públicas para trabalhar na cozinha da Maternidade. Os funcionários entraram em isolamento por 14 dias após uma copeira da unidade testar positivo para coronavírus.

Nesse sentido, a cozinha está fechada e toda a alimentação está sendo feita por uma empresa local.

Segundo a coordenadora da regional, os diretores das instituições entrarão em contato com as merendeiras antes de tomar alguma decisão. Porém, as merendeiras da Escola Flodoardo Cabral, por exemplo, não demonstraram nenhuma vontade de trabalhar na maternidade,

A sugestão de levar as merendeiras foi do diretor da empresa terceirizada Tec News, que é a contratante das terceirizadas. As funcionárias atenderiam apenas a um período de emergência, até contratarem mais colaboradores pela saúde.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.