Pacote de mais de R$ 110 milhões em obras deve aquecer a construção civil no Acre

O presidente do Sindicato da Construção Civil no Estado do Acre (Sinduscon), Carlos Afonso Cipriano se mostrou bastante otimista com a retomada das obras no Estado.

A decisão da Comissão de Licitação Permanente (CPL) de anunciar nos próximos dias o resultado dos oito lotes de recuperação das estradas vicinais pode ser o pontapé inicial para a retomada das atividades econômicas pós- pandemia. “O pacote de obras está orçado em torno de R$ 60 milhões que chega numa boa hora, declarou o empresário do setor da construção. Os lotes licitados variam entre R$ 18 milhões até R$4 mi, para recuperação dos ramais em seis municípios do Vale do Acre e Vale do Abunã. Nesta primeira etapa, segundo Cipriano, foram contemplados os seguintes municípios: Rio Branco, Porto Acre, Plácido de Castro, Capixaba, Epitaciolândia e Brasileia.

“A segunda etapa contemplará os demais municípios que estão dentro da proposta de recuperação das estradas vicinais para o escoamento da produção agrícola”, observou o presidente do Sinduscon em entrevista ao jornal A Tribuna.

No total, o pacote de obras em fase de licitação é estimado em torno de R$113 milhões, sendo R$70 milhões para recuperação das estradas vicinais nos municípios e mais R$43, mi para construção do anel viário de Brasileia, inclusive uma ponte sobre o Rio Acre.

(CN)