Sindicato alerta sobre queda no abate de gado e fechamento de empresas

Uma pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta uma redução no abate de gado no Acre. A situação preocupa o setor.

Os dados de 2016 a 2019 avaliam um decréscimo do primeiro ao quarto trimestre de cada ano. O Estado saiu da marca de 453.595 gados abatidos em 2016 para 416.498‬ em 2019.

Segundo o Sindcarnes, a saída descontrolada de bezerros para outros estados como Rondônia, Mato Grosso, São Paulo, Minas Gerais e Goiás, desde 2018, pode gerar uma queda ainda mais rigorosa nos próximos anos.

Mais de 500 mil cabeças de gado saíram do Acre para outros estados de janeiro de 2019 até o início de junho deste ano. Em 2021 e 2022 serão 500 mil cabeças a menos para os frigoríficos e matadouros do Estado abaterem.