Homem bomba: Vagner Sales tenta implodir candidatura de Ilderlei com condenação de processo que faz parte

Vagner Sales, o ‘homem bomba’

Condenado em três instâncias por peculato, inelegível pela lei da ficha suja e respondendo ainda por outros 18 processos, um deles na justiça federal por enriquecimento ilícito, busca meios para implodir a reeleição de Ilderlei Cordeiro.

Através de seus aliados, Vagner Sales vem tentando pressionar a justiça para um desfecho condenatório do processo eleitoral em que ele próprio é réu. Caso o TRE  decida pela condenação da chapa Ilderlei e Zequinha, o próprio Vagner Sales receberá mais uma condenação – o que para ele não fará muita diferença. Seu objetivo, é emplacar o filho Fagner, com poucas chances de ser eleito, mas que pode ter uma chance maior caso Ilderlei seja de fato cassado.

O ex-prefeito Vagner Sales foi o agente direto na ação de compra de candidaturas a vereadores do PSDB, com apoio de seu chefe de gabinete, Mário Vieira Neto e o então presidente do PSDB municipal, Edson de Paula. A ação de crime eleitoral foi denunciada à Polícia Federal por um dos candidatos do PSDB. Na época, 5 mil reais foram oferecidos para que o candidato desistisse da própria candidatura. O objetivo político era enfraquecer a candidatura de Henrique Afonso (então PSDB) em favor de Ilderlei Cordeiro, na época apoiado por Vagner Sales.

Após um ano de mandato, Ilderlei se afastou do ex-prefeito. A partir de então, Vagner tem feito o possível para destruir politicamente o atual prefeito, em favor, como sempre, de sua própria família.

“Ele afirma para nós aliados que vai conseguir fazer o Ilderlei ser cassado e depois ele colocará alguém dele para assumir a prefeitura através de uma eleição na câmara. Segundo Vagner, o jurídico dele tem influência dentro do tribunal”, disse um aliado do ex-prefeito.

Inelegível por 8 anos, Vagner Sales continua na política por meio de seus filhos e esposa. Antônia Sales, é deputada estadual, a filha Jessica é deputada federal e recentemente lançou Fagner como pré-candidato a prefeito de Cruzeiro do Sul. O pai Vagner Sales é quem coordena a candidatura de todos.

Vagner, contudo, sempre contou com o beneplácito de setores da justiça e dos órgãos de fiscalização. A ação sobre o desvio de recursos federais para o asfaltamento do acesso à sua fazenda transcorre com tamanha morosidade que parece ter caído no esquecimento.

Vagner sempre teve a seu favor a lentidão da justiça e inação dos órgãos de controle e de fiscalização. Já inelegível, conseguiu registrar sua candidatura, ser diplomado e completar o mandato, impunemente.

Inelegível por 8 anos, Vagner Sales continua na política por meio de seus filhos e esposa. Antônia Sales, é deputada estadual, a filha Jessica é deputada federal e recentemente lançou Fagner como pré-candidato a prefeito de Cruzeiro do Sul. O pai Vagner Sales é quem coordena a candidatura de todos.