Policiais penais estão sem receber auxílio emergencial do Estado

O auxílio emergencial pago aos servidores da saúde e segurança do governo do Acre, não está sendo pago aos 32 policiais penais, que eram motoristas e assumiram a função. A denúncia é do deputado Edvaldo Magalhães.

“Desses 32, 10 pegaram a Covid-19, mas os gênios da gestão resolveram ser intérpretes da lei e os trabalhadores não estão recebendo o auxílio”, afirmou o deputado, lembrando que há uma luta para extensão dos benefícios a categorias igualmente vulneráveis ao novo coronavírus.