Casal acha mais de R$ 2,4 mil em avenida no Acre, mobiliza internet e encontra dona do dinheiro

Um casal seguia para o trabalho quando viu várias notas de dinheiro caindo do bolso de um motoboy que não percebeu e seguiu viagem, nessa quarta-feira (2), na Avenida Ceará, em Rio Branco. As notas ‘voaram’ pela rua e rapidamente o casal parou o veículo e começou a juntar o dinheiro, mas logo perdeu de vista o motociclista.

A reação rápida foi da servidora pública do Tribunal de Justiça do Acre, Alessandra Araújo e do marido Márcio Jorge, que é policial federal.

“O motoqueiro passou e a gente viu os bolos de dinheiro caindo e ele não percebeu, foi embora. Atravessamos o carro na avenida, meu marido parou o trânsito e como ele estava fardado, as pessoas respeitaram, daí eu já desci e comecei a juntar. Conseguimos juntar tudo, era R$ 2.420, e aparentava ser tipo serviço bancário, porque estava separado em blocos com liga”, contou Alessandra.

Ela disse que ainda tentaram localizar o motoboy, mas não foi possível e depois ligaram para o banco para tentar descobrir quem seria o dono, já que tinham comprovantes de depósito junto com o dinheiro. Sem conseguir, o casal resolveu registrar um boletim de ocorrência na delegacia do Tucumã e deixou o dinheiro com o delegado.

Preocupada que o dono não fosse encontrado, a servidora pública resolveu postar nas redes sociais e propor uma corrente do bem. A postagem ganhou 480 compartilhamentos e logo chegou à dona do dinheiro, a empresária Eliene Farias que tem um mercantil no bairro Sobral.

“Com essa época de pandemia, fiquei imaginando a pessoa com dificuldades e que conseguiu aquele dinheiro. Também o motoqueiro que teria que prestar conta e talvez perderia o emprego. Ficamos preocupados, mas graças a Deus a campanha deu certo, conseguimos ajudar essa família e a corrente do bem nas redes sociais funcionou para fazermos uma boa ação”, falou a servidora.

Alessandra disse ainda que a mulher deu detalhes de como estava separado o dinheiro, o que comprovou que ela era realmente a dona do valor. Segundo ela, a mulher foi até a delegacia e conseguiu recuperar o dinheiro nesta quinta (2).

‘Chegou chorando’, diz dona do dinheiro

A dona do dinheiro, a empresária Eliene Farias contou que o rapaz que faz o serviço de motoboy para o mercantil só percebeu que tinha perdido o dinheiro quando chegou na casa lotérica. Segundo ela, o homem tinha ido fazer alguns depósitos.

“Ele chegou aqui chorando, desesperado e você fica sem saber o que fazer. Muita gente achou que ele estava com conversa, como que esse dinheiro iria cair do bolso dele, mas nós não porque conhecemos ele há muitos anos. Ele disse que só percebeu quando chegou na casa lotérica para fazer o depósito, quando colocou a mão no bolso e estava o canto mais limpo”, disse Eliene.

Quando foi pela parte da tarde dessa quarta-feira (1), ela afirmou que estava no celular quando viu a postagem feita por Alessandra. As duas não se conheciam até então. Logo ela percebeu que se tratava do dinheiro que tinha perdido.

“Olhei e disse ‘é o nosso dinheiro’, vi o papel do depósito. Fui na delegacia, levei os comprovantes do depósito que faço todo mês para meu filho que mora no Rio Grande do Norte e o delegado entregou. Graças a Deus, ela tem um coração muito bom, um coração enorme. É difícil achar pessoas que façam isso”, afirmou.

Eliene disse que ainda tentou retribuir de alguma forma o que o casal tinha feito, mas que a servidora não aceitou. Mesmo assim, em forma de agradecimento, ela contou montou cinco sacolões para doar a famílias carentes da capital.

Fonte: G1.