Em Cruzeiro do Sul, Pelotão Ambiental prende 2 homens por desmatamento, queimada e transporte ilegal de madeira

O Pelotão Ambiental prendeu dois homens, em Cruzeiro do Sul, nos últimos dias por desmatamento, queimada e transporte ilegal de madeira. Um deles foi flagrado transportando três metros cúbicos de madeira ilegal. De acordo com a polícia, ele já havia sido preso da semana passada pelo mesmo motivo.

O homem e a madeira apreendida foram levados para a delegacia de Cruzeiro do Sul. Na quarta-feira, 29, a polícia também flagrou dois grandes incêndios florestais durante patrulhamento na BR-364. Ao chegar no primeiro, a cerca de 20 quilômetros da comunidade Santa Luzia, encontrou seis hectares desmatados e pegando fogo. O pelotão não conseguiu localizar o autor do crime.

No segundo ponto do incêndio, um homem que estava no local se identificou como caseiro da propriedade e disse que tinha feito o desmate e queima a mando do dono da área. O proprietário não foi localizado e o suspeito foi preso em flagrante pelos crimes de desmatamento, incêndio florestal, extração ilegal de madeira e descumprimento do decreto presidencial, que proíbe queimadas por 120 dias em todo território Nacional.