Rio Branco, Acre, 30 de setembro de 2020

Apóstolo que recebe mais de R$14 mil do gabinete de senadora pede a pastores do Acre que “não se vendam para políticos”

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

O apóstolo José Ildson Viana Barbosa, integrante da Associação dos Ministros Evangélicos do Acre, a Ameacre, pediu aos seus colegas líderes eclesiásticos que “não se vendam para políticos” em troca de benefícios pessoais ou pelo rebanho”.

Ildson é bastante atuante na rede e foi um dos principais defensores da reabertura das igrejas durante a pandemia de covid-19 e contra o isolamento social recomendado pela Organização Mundial de Saúde, a OMS.

“Pastores, pelo amor que vocês têm a Deus, não se vendam para políticos para ter algum benefício, seja para a igreja e muito menos pessoal, nossas armas são justiça e verdade. O Senhor da Igreja vai honrar e a igreja vai prevalecer, não precisamos disso, chega de ser massa de manobra e chacota nesse Estado”, afirmou.

Ildson, que assessora a senadora Mailza Gomes (PP), também evangélica, fez questão de justificar em um post anterior que se eventualmente ele for contratado para algum cargo será por seu “currículo e qualidade técnica”. Pelo cargo de assistente parlamentar pleno, ele recebe R$ 14.339,83, segundo o portal de transparência do Senado.

“Se alguém me contratar para alguma função, seja na política, ou em qualquer qualificação que eu tenha, será pelo meu currículo e pelas minhas qualidades técnicas, porém no meu currículo não tem e não terá a qualificação de puxa-saco, esse ofício, não aprendi, não me interessa e me enoja, respeito e honro as pessoas, mas não passa disso.”

APOSTOLO2

Fonte: Notícias da Hora.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.