Rio Branco, Acre, 29 de setembro de 2020

Companheira de motorista da BMW confirma que casal ingeriu bebida alcóolica antes de atropelar Jhonliane

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Segundo o delegado Alex Dany, o inquérito que investiga a morte de Jholiane Paiva de Souza, de 30 anos, será concluído antes de 30 dias e enviado à Justiça.

Jholiane morreu atropelada quando estava a caminho do trabalho por uma BMW, conduzida por Ícaro Teixeira Pinto, de 33 anos.

Ícaro e Alan Lima, que dirigia um carro modelo novo fusca, estavam apostando racha, quando Ícaro atingiu e matou Jholiane.

Ainda não se sabe se os passageiros dos dois veículos também serão responsabilizados pela morte da jovem.

A princípio trata-se de um crime de homicídio doloso, ou seja, quando há intenção de matar. A possibilidade ganhou ainda mais força após o depoimento de uma jovem que estava no carro com Ícaro.

Na delegacia, a mulher que não teve o nome revelado disse que o casal participou de uma festa na noite de quarta-feira, 5, e que teria ingerido bebida alcóolica.

Neste sábado, 8, a polícia teve acesso à imagens de outra câmera de segurança que mostra o momento em que Ícaro abandonou a BMW, na Rua Buenos Aires, no Bairro Izaura Parante, em Rio Branco. O acidente ocorreu na última quinta-feira, 6, na Avenida Antônio da Rocha Viana.

 

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.