Rio Branco, Acre, 1 de outubro de 2020

Primeira-dama do Estado visita comunidade de mulheres no Rio Croa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Vera Lúcia da Costa Azevedo, 45, moradora do Rio Croa há mais de 20 anos, trabalha com artesanato de fibra de carrapicho para compor a renda da sua família. A artesã solicitou o apoio do Estado para continuar com o trabalho.

“Se tivermos apoio iremos continuar trabalhando, pois sem estrutura não conseguimos produzir as peças. Somos nós mesmas que extraímos a matéria-prima, vamos até os ramais para fazer a coleta da fibra. A nossa principal solicitação é uma máquina para fazer as cordas e continuarmos o nosso trabalho”, relatou a artesã.

Com o intuito de atender as solicitações dos moradores e fortalecer e capacitar as mulheres sobre empreendedorismo e a divulgação da campanha “Nenhuma mulher a menos, um homem a mais pra apoiar”, o governo do Estado, por meio do Gabinete da Primeira-Dama e da Secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres (SEASDHM), esteve nesta sexta-feira, 14, na comunidade Rio Croa, localizada no município de Cruzeiro do Sul. A ação também contou com o apoio da Secretaria de Estado de Indústria, Ciência e Tecnologia (Seict) e  da Companhia de Desenvolvimento de Serviços Ambientais do Estado do Acre (CDSA).

Entre os pedidos apresentados por moradores à primeira-dama estavam máquinas para a produção de artesanato e cursos de capacitação para mulheres da comunidade. Todas as solicitações foram mapeadas pelas servidoras técnicas da SEASDHM.

A equipe foi recebida pela senhora Maria Damiana da Silva Cunha, dona do Restaurante Croa Sabor e Lenha, às margens do Rio Croa. Damiana cultiva suas próprias hortaliças e compra as mercadorias dos moradores da comunidade. O restaurante recebe até sete famílias por dia.

A primeira-dama do Estado, Ana Paula Cameli, conversou com as moradoras e ouviu as necessidades que as mulheres apresentaram.

“Recebemos muitas demandas. Estou aqui para conhecer a realidade do local e oferecer apoio e um olhar diferenciado do Estado. Hoje já tivemos uma palestra sobre a Lei Maria da Penha e a campanha Nenhuma mulher a menos, e continuaremos com cursos e capacitações, trabalhando a independência dessas mulheres”, ressaltou.

Na ocasião, foi realizada uma palestra de divulgação da campanha “Nenhuma mulher a menos, um homem a mais pra apoiar” por meio da Diretoria de Políticas para as Mulheres da SEASDHM, que tem o objetivo de enfrentar e combater a violência doméstica contra a mulher, divulgando os tipos de violência, os canais de denúncia e as casas de apoio às vítimas. Foram entregues kits contendo máscara e álcool em gel para as mulheres presentes. Durante a palestra foram realizados dois atendimentos a mulheres que sofreram violência dos seus parceiros.

“Estendemos a nossa campanha aqui no Juruá, levamos a palestra para as mulheres para que elas possam entender o que é um relacionamento abusivo e entendam os tipos de violência. A ação faz parte do Agosto Lilás e em alusão aos 14 anos da Lei Maria da Penha”, destacou a diretora de Políticas para as Mulheres, Isnailda Gondim.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.