Rio Branco, Acre, 19 de janeiro de 2021

MP deverá investigar Avancard por reserva ilegal de mercado

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O deputado Daniel Zen (PT) disse ter pedido ao Ministério Público que apure a conduta da Fênix Soft por usura e reserva de mercado indevida criada pelo cartão de crédito Avancard. A declaração foi dada durante a sessão virtual da Assembleia Legislativa nesta terça-feira, 18.

Ele também discorreu sobre o corte de quase R$ 9 milhões no repasse federal à Universidade Federal do Acre, algo que vai prejudicar e muito os estudantes e a própria instituição.

“Nem mesmo o novo ministro foi capaz de brecar mais essa medida danosa”, disse ele, alertando que o Colégio de Aplicação será também atingido pelo corte.

Zen apela à bancada federal para reverter a tesourada do Governo Federal na Ufac. “O governo não tem a educação e saúde como prioridade. Demonstra o desmazelo do governo e dos que o apoiam com a educação básica e superior”, disse.

O deputado também citou o relatório do BID que põe o governo Gladson Cameli no período de avanço da extrema pobreza no Acre.

 

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.