Rio Branco, Acre, 27 de setembro de 2020

Ícaro ainda não apresentou diploma e pode ir para cela comum na FOC

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

O acusado atropelar e matar a jovem Jonhliane de Souza, de 30 anos, Ícaro José Silva Pinto, 33 anos, está preso no Batalhão de Operações Especiais. Entretanto, caso não apresente diploma será encaminhado a uma cela comum no presídio Francisco de Oliveira Conde (FOC), em Rio Branco.

O promotor de Justiça Efraim Mendonza, por meio de uma petição encaminhada ao juiz da segunda Vara do Tribunal do Juri, Alesson Braz, pediu que à defesa apresente o diploma de nível superior, no prazo de 5 dias.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.