Rio Branco, Acre, 1 de outubro de 2020

Programa de combate à violência contra a mulher chega as aldeias no Acre

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Uma parceria entre o Núcleo Judiciário da Mulher – NJM do TJDFT e o projeto Maria da Penha Vai à Escola – MPVE, possibilitará que o programa de combate à violência contra a mulher chegue as aldeias no Acre.

O objetivo é fortalecer as políticas públicas para mulheres acreanas, além de combater e enfrentar a violência doméstica e familiar.

Assim, o Acre será o primeiro estado a estender o programa para aldeias indígenas. Os cursos e cartilhas do programa serão traduzidos para a língua pano e aruak para alcançar os povos indígenas.

“Com a tradução desse material, acreditamos que ele poderá ser trabalhado nas escolas, com as crianças, os jovens e as famílias”, disse a líder indígena Francisca Arara.

O Programa Maria da Penha vai à Escola foi implementado no DF em 2014 e busca contribuir para a formação dos profissionais da educação e apoiá-los na implementação de projetos pedagógicos que discutam o tema, além de orientá-los quanto à notificação das situações de violência, nas quais se incluem a violência sexual contra crianças e adolescentes. Capacitar professores e gestores é um dos pilares da proposta.

O encontro para discutir a parceria ocorreu no Distrito Federal e contou com a participação, entre outras autoridades, da primeira-dama Ana Paula Cameli, a desembargadora de Justiça, Eva Evangelista.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.