Rio Branco, Acre, 29 de setembro de 2020

PF acusado de matar filha de 2 meses será interrogado nesta segunda e pode ir a júri

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

O Policial Federal Dheymerson Cavalcante Gracino dos Santos, e a mãe dele, Maria Gorete Cavalcante, serão interrogados na manhã desta segunda-feira (24).

A audiência de instrução e julgamento do processo que apura a morte da criança Maria Cecilia Pinheiro de Souza, será realizada pela 2ª Vara do Tribunal do Júri e Auditória Militar, por meio de vídeo conferência.

O pai e a avó da criança foram denunciados pelo crime de homicídio qualificado, por motivo torpe, emprego de asfixia e recurso que dificultou a defesa da vítima. Antes do interrogatório dos réus, oito testemunhas, entre acusação e defesa, serão ouvidas pelo Juiz Alesson Braz.

Policial federal acusado de matar filha de 2 meses no AC vira réu ...

 

A pequena Maria Cecilia Pinheiro, de apenas 2 meses, morreu em março do ano passado quando estava com o pai e a avó. A causa do óbito foi broncoaspiração, ou seja, insuficiência respiratória e obstrução das vias aéreas causadas pela quantidade de leite artificial ingerido.

De acordo com o a denúncia, foi dado para criança uma dose 11 vezes maior de leite do que suportaria.

Na época, a mãe da criança, Micilene Souza, disse que o policial premeditou a morte da menina junto com a mãe dele porque não queriam pagar pensão alimentícia.

Depois da audiência, o Juiz Alesson Braz deve abrir o prazo para as alegações finais, que são os últimos argumentos da acusação e defesa. Finalizado essa etapa será decidido se o pai e a avó da vítima serão levados ou não a júri popular.

Contilnet

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.