Rio Branco, Acre, 25 de setembro de 2020

Ex-jogador que atropelou e matou professora é condenado a pagar R$ 60 mil a filhas da vítima

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Após mais de 5 anos, o ex-jogador de futebol Marcelo Lopes Souza, mais conhecido como Marcelo ‘Cabeção’, foi condenado a pagar R$ 60 mil de indenização por danos morais e materiais para as duas filhas da professora Sebastiana Soares Moreira. A professora foi atropelada e morta pelo ex-atleta em abril de 2015, em Rio Branco.

Além do ex-atleta, a dona do carro que ele dirigia no dia do acidente também foi condenada no processo.

O acidente ocorreu na Rua Rio de Janeiro. Na época, a Polícia Civil informou que o ex-jogador dirigia em alta velocidade e bêbado quando atingiu a motocicleta conduzida por Sebastiana. Marcelo Cabeção foi preso em flagrante por tentativa de homicídio e levado para o Complexo Prisional Francisco d’Oliveira Conde (FOC), na capital acreana.

Na área criminal, o ex-jogador foi condenado a 7 anos e 8 meses em regime semiaberto por homicídio doloso. Ele recorreu da decisão e aguarda o resultado em liberdade.

Ao G1, a advogada de Marcelo Cabeção e da dona do veículo, Gisele Vargas, disse que vai recorrer também dessa nova decisão. “Já fomos intimados e vamos entrar com recurso”, resumiu.

Ao ge, o ex-atleta disse que prefere não se pronunciar sobre caso.

Com informações do G1

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.