A maioria dos índios acreanos infectados com a Covid-19 estavam em áreas urbanas

De acordo com a Comissão Pró-Índio (CPI), até do dia 26 de agosto, a maioria dos índios que foram infectados com a Covid-19 estavam nas áreas urbanas.

Enquanto nas terras indígenas 977 índios foram infectados, nos municípios, 982 contraíram o novo coronavírus. Já são 1959 casos confirmados até o momento, sendo que 26 pessoas morreram com a doença. 12 povos estão diretamente afetados pelo vírus.

Organizações de defesa dos interesses indígenas organizam por si próprias campanhas e mobilizações para reduzir a possibilidade de infecção nas aldeias. O uso da medicina tradicional, remédios extraídos da mata estão entre as ações.