Rio Branco, Acre, 28 de setembro de 2020

Jovem é sequestrado e executado a tiros pelo “tribunal do crime”

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Mais um crime com característica de execução foi registrado na capital. O jovem Franciliudo da Silva Guimarães, de 21 anos, foi morto a tiros na madrugada deste sábado, 29, em uma área de mata localizada no Conjunto Habitacional Cidade do Povo, em Rio Branco. De acordo a polícia, Franciliudo foi sequestrado por membros da facção Bonde dos 13 na noite de sexta-feira, 28, “julgado” pelo tribunal do crime e condenado a morte por passar informações para a facção rival, Comando Vermelho.

A vítima ‘rasgou a blusa’ do CV a qual era membro e foi morar com seus familiares na Cidade do Povo. Segundo a polícia, Franciliudo não entrou para nenhuma igreja, pegava informações da organização criminosa B13 e repassava a facção rival.

Na manhã deste sábado, populares encontraram o corpo do jovem em uma área de mata. Segundo a polícia, Franciliudo foi executado com vários tiros que atingiram a cabeça, peito, abdômen, costas, pernas.

A área foi isolada para os trabalhos do perito em criminalística. O corpo foi removido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exames cadavéricos.

No conjunto habitacional, ninguém se pronunciou a respeito do homicídio, pois impera a lei do silêncio. O caso segue sob investigação dos Agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

  • Por David Sahid, do Ac24horas,

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.