Suspeitos com farda da polícia executam detento a tiros na Vila Acre

O detento monitorado por tornozeleira eletrônica Adalcenilson de Oliveira Marcílio da Silva, de 34 anos, foi executado a tiros nas primeiras horas da manhã deste domingo, 30, em sua residência localizada na Travessa Nairobe, Ramal da Castanheira, situado na região da Vila Acre, em Rio Branco.

De acordo com informações da polícia, Adalcenilson estava dentro de casa, quando homens não identificados, vestidos com farda da polícia, chegaram em um veículo, pararam na frente da residência e o chamaram. O detento monitorado ao ver que eram homens fardados com uniforme policial saiu de casa e, ao se aproximar, recebeu dois tiros. Após a ação, os criminosos fugiram do local.

Familiares escutaram os disparos e ao verem Adalcenilson no quintal ferido, acionaram a ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que prestou os primeiros atendimentos e conduziu o detento monitorado ao Pronto-Socorro de Rio Branco em estado de saúde gravíssimo.

Ao dar entrada no hospital, antes mesmo de ser levado para sala de cirurgia, a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu.

Policiais Militares do 2° Batalhão estiveram no local do crime e isolaram a área para os trabalhos do Perito Criminal e em seguida colheram as características dos autores do crime. Foi feito patrulhamento na região em busca de encontrar os suspeitos, mas sem sucesso. Agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) já iniciaram as investigações em busca de identificar os criminosos.

Por David Sahid, do AC24horas.