23.1 C
Juruá
terça-feira, fevereiro 27, 2024

Com Acre livre da febre aftosa, Governo garante que punirá sonegação fiscal de pecuaristas

Por

- Publicidade -

O Acre é zona livre de febre aftosa. Por isso, o governador Gladson Cameli disse, nesta terça-feira, 18, que não vai admitir evasão fiscal.

Hoje, o Acre possui cerca de 3,5 milhões de bovinos que geram, por ano, renda de R$ 1,5 bilhão. Foram 20 anos de política de vacinação.

O novo status sanitário, livre da febre aftosa, vai abrir novos mercados com o reconhecimento e a valorização do rebanho acreano de forma abrangente, seja bovinos, bubalinos e suínos.

O governador falou ainda de um possível esquema de evasão fiscal na compra e venda de gados no Acre, que pode ter causado mais de R$ 100 milhões [valor divulgado pelo gabinete do vice-governador] em prejuízos aos cofres públicos pela não arrecadação de ICMS. Segundo ele, a determinação é punir e a Secretaria da Fazenda investigará o caso.

“É punir. A Secretaria da Fazenda tem um serviço de inteligência. A lei serve para todos. Determinei a Polícia Militar e Civil que fiscalizem um ramal que tem na tucandeira, e não tem quem faça eu mudar de ideia nesse tipo de coisas. Não tem porque continuar essa situação! Eu quero o quanto antes, evitar essa situação. Tudo que se faz aqui a gente sabe. Eu não vou determinar, eu já determinei!”.

- Publicidade -
Copiar
error: Alert: O conteúdo está protegido !!