Rio Branco, Acre, 25 de setembro de 2020

Dep. Antônia Sales cobra ramais, mas esquece que o filho e cunhado eram os gestores do Deracre

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Gerente Regional do Deracre no Juruá, Luciano Oliveira: “Em cinco meses fizemos o dobro de trabalho que o Fagner Sales fez em mais de um ano”.

A deputada Antônia Sales (MDB), em discurso na Sessão Virtual da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), tem cobrado recuperação de ramais e acusa falta de planejamento das pastas que cuidam do assunto, uma delas, o Departamento de Estradas e Rodagens do Acre (Deracre).

Antônia Sales alegou em seu discurso que entra verão e sai verão e não se vê máquinas trabalhando e que no Ramal 7 há três anos não se passa uma máquina ao ressaltar que “esses valorosos cidadãos acreanos são os que sustentam e seguram nas costas a economia do nosso Estado”, destacou.

A parlamentar enfatizou ainda, segundo uma publicação, que os produtores rurais tiram o sustento de suas famílias com o suor do rosto, de sol a sol. “Estes são os que sofrem mais, apesar de trabalharem tanto, muito pouco se faz por eles, ou nada”, afirmou.

De acordo com o discurso da deputada os deputados teriam que dar prioridade sobre o assunto e não deixar em segundo plano o tema dos ramais. “Não estão isolados os produtores apenas do vale do Juruá, mas em todos os municípios”, afirmou ao cobrar uma posição dos parlamentares.

O gerente da Regional do Deracre no Juruá, Luciano Oliveira, depois de chegar de uma frente de trabalho, discordou da cobrança feita pela deputada e lembrou que o filho dela, Fagner Sales, era o gestor do Deracre e depois da Seinfra e o cunhado Marcos, gerente da Regional do Juruá e quase nada fizeram.

Mais de 300 km de ramais de muita qualidade em cinco meses é o resultado do trabalho da Regional do Deracre no Juruá que vai intensificar o trabalho para aproveitar o verão

“Em cinco meses de gestão da Regional do Deracre no Juruá já fizemos muitos mais do que a família dela em um ano e dois meses de gestão no órgão”, disse ao informar que em 2020, em cinco meses, já foram recuperados mais de 300 quilômetros de ramais na região, todos com muita qualidade.

Segundo Luciano a equipe do Deracre está mobilizada no trabalho dos ramais, inclusive dos localizados na BR-364. “Estamos com equipamentos nos Ramais 2 e 3 e o Deracre está contratando mais máquinas para dar uma acelerada no tempo que ainda resta de verão”, afirma.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.