Rio Branco, Acre, 27 de setembro de 2020

Câmara Criminal do TJ nega habeas corpus para motorista que atropelou e matou jovem

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

O mérito do habeas corpus de Ícaro José Pinto, preso pela acusação da matar a jovem Jonhliane Paiva, foi negado. A decisão foi divulgada nesta quinta-feira, 10.

Esse já é o segundo recurso de liberdade pedido pela defesa de Ícaro. No dia 16 do mês passado, o fisioterapeuta teve a liminar do HC negada.

Ícaro foi preso no dia 15 do mês passado no posto da Tucandeira quando voltava de Fortaleza (CE). Ele viajou para o nordeste poucos dias após o acidente que matou Jonhliane.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.