Rio Branco, Acre, 28 de outubro de 2020

Atraso na entrega da ponte sobre o Rio Madeira poderá ser investigado pelo MPF

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Uma representação para que sejam investigadas as causas na demora da finalização e entrega das obras da ponte sobre o rio Madeira, no distrito de Abunã, em Rondônia, foi encaminhada ao Ministério Público Federal (MPF) daquele estado pela Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão no Acre.

Segundo o procurador responsável pela representação, Lucas Costa Almeida Dias, pessoas que se deslocam por via terrestre para o Acre, em especial a população acreana, são penalizadas pela dificuldade no desenvolvimento econômico do Acre e de outras regiões afetadas, e a não existência da ponte aumenta as despesas com transporte e dificulta o acesso turístico e comercial da região, já que aumenta o custo e o tempo decorrido para o transporte de pessoas e produtos na região.

Apesar do término das obras previsto para 2017, e das diversas promessas feitas pelo Governo Federal com datas para a finalização, ainda não se tem certeza sobre o término efetivo da obra, nem quanto de verba pública ainda será gasto para isso, sendo que até o momento, os valores aplicados na obra já extrapolaram em muito o orçamento previsto.

A representação deverá ser recebida por membro do MPF que atua na área de Direitos Sociais e Atos Administrativos em Geral em Rondônia, que avaliará as medidas que entender cabíveis para o caso.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.