Rio Branco, Acre, 29 de outubro de 2020

Homem que matou filho de 5 anos com facada no pescoço vira réu em processo no Acre

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

A Justiça recebeu denúncia contra o servente de pedreiro Cristiano Lima Arsenio, que passa a ser réu no processo sobre a morte do filho de 5 anos com um corte no pescoço em agosto desse ano, em Rio Branco. A decisão de citação de Arsenio é da juíza Luana Campos, da 1ª Vara do Tribunal do Júri.

Ele foi denunciado pelo Ministério Público do Acre (MP-AC) pelo crime de homicídio com as qualificadoras de futilidade, meio cruel, recurso que dificultou a defesa da vítima e ainda destituição do poder familiar.

Foi dado um prazo de 10 dias para a defesa de Arsenio responder as acusações, alegar o que tiver interesse e apresentar documentos e justificações.

O crime ocorreu na madrugada do dia 13 de agosto na casa da família no bairro Bahia Nova, em Rio Branco. A mãe só percebeu que o filho estava morto pela manhã, quando foi no quarto das crianças.

O homem foi preso em flagrante no mesmo dia do crime. Ele ainda tentou fugir, mas foi contido, preso e levado para a Delegacia de Flagrantes por policiais civis da 1ª Regional da capital. O suspeito chegou rindo à delegacia.

Logo após o pedido para que a prisão em flagrante fosse convertida em prisão preventiva, a Defensoria Pública do Estado (DPE), que fez a defesa do acusado, chegou a pedir a liberdade provisória dele, já que ele era réu primário.

Além disso, alegou ele vinha enfrentando problemas de dependência química, e que vinha sofrendo perturbações mentais em razão de crises de abstinência.

Pai falou que teve surto pela abstinência de drogas, pegou uma faca na cozinha e foi até o quarto dos filhos — Foto: Arquivo

  • Fonte: G1 Acre.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.