Rio Branco, Acre, 29 de outubro de 2020

Ao defender Mara, Rocha diz que petistas são mais valorizados na gestão de Gladson

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O vice-governador Wherles Rocha (PSL) usou as redes sociais para fazer críticas ao governador Gladson Cameli, pelo modo como este trata seus aliados políticos.

A reclamação surgiu após o governador ter nomeado cinco pessoas que, supostamente, seriam indicações da deputada federal Mara Rocha (PSDB). Segundo ele, os nomes renomeados não fazem parte da cota da parlamentar.

“Todos os 9 ocupavam CEC 1 e 2 e não tiveram seus decretos de exoneração tornados sem efeito ou foram novamente nomeados”, disse.

O major fez questão de lamentar novamente a saída dos servidores que estavam ao lado do chefe do executivo durante a campainha em 2018, e fez menção ao fato de uma ex-gestora dos governos petistas assumir cargo importante na Saúde.

“Esses 9, lamentavelmente, não tiveram o mesmo tratamento da senhora Izamelda Magalhães, que estava do outro lado e mesmo sem ter suado a camisa na nossa eleição, agora vai comandar a terceirização da saúde no Acre”, declarou.

Em contato com o governador Gladson Cameli, ele disse apenas que os servidores que tiverem as exonerações tornadas sem efeito, não fazem parte da cota de Mara Rocha.

Fonte:ContilNet.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.