Rio Branco, Acre, 24 de outubro de 2020

Agredida e torturada pelo tráfico após denunciar estupro da filha, mulher é resgatada por PMs no Rio

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Policiais militares do 9º BPM (Rocha Miranda) resgataram na manhã desta terça-feira uma mulher e seus seis filhos, que eram mantidos em cárcere privado por traficantes da favela do Muquiço, em Guadalupe, Zona Norte do Rio. Segundo informações da PM, a vítima tinha ido até os criminosos reclamar que sua filha havia sido estuprada. Ela relatou que acabou sendo agredida e torturada e os criminosos a mantiveram em cárcere privado.

Os PMs foram até o Muquiço após terem recebido denúncia sobre o crime. Eles conseguiram resgatar a mulher na Rua Osmar Lins. Com ela, que apresentava ferimentos pela corpo, estavam seus seis filhos, todos menores de idade. A mais velha está grávida de seis meses.

Ainda segundo informações da PM, os traficantes estavam aguardando o aval do chefe do tráfico local, conhecido como Grisalho, para executar a vítima.

A mulher e os filhos vão deixar o Muquiço. Com ajuda dos PMs, a família retirou todos os seus pertences da comunidade. Os policiais militares ajudaram a mulher e seus filhos a retirarem seus pertences da favela. A Subsecretaria de estado de Vitimados do Rio vai prestar auxílio à família.

Após ter sido resgatada, a mulher foi levada para o Hospital Pedro II, em Santa Cruz, na Zona Oeste. O caso foiregistrado na 35ª DP (Campo Grande).

Fonte:Extra.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.