Rio Branco, Acre, 27 de outubro de 2020

Com maior saldo do ano, Acre fecha agosto com 864 novas vagas de empregos formais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) apontam que a geração de vagas de empregos formais no Acre em agosto deu um salto. Foram 2.528 admissões e 1.664 desligamentos no período divulgado, logo o saldo foi de 864 novos postos.

O número é o maior registrado neste ano e mostra uma crescente na geração de empregos, uma vez que em maio os postos ficaram em 76 e em julho 280. O saldo dos oito meses é de 2.453, foram 18.250 e 15.795 desligamentos.

O setor que puxou a alta na geração de empregos foi o de serviços, com 527 postos de emprego. Logo em seguida, o comércio gerou 215 novos postos e em terceiro foi a construção civil com 132 novos postos. O único setor que apresentou queda foi a o da indústria, com nove vagas a menos.

Brasil

O Brasil criou 249.388 vagas formais de emprego no melhor agosto em 10 anos. No mês passado, foram contratados 1.239.478 trabalhadores formais, e demitidos 990.090.

Esse foi o segundo mês consecutivo de geração de empregos formais. No acumulado dos oito primeiros meses deste ano, porém, as demissões superaram as contratações, e o país registra o fechamento de 849.387 vagas de emprego formais.

As demissões refletem o impacto da pandemia do novo coronavírus no mercado de trabalho brasileiro, que empurrou a economia mundial para uma forte recessão.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.