Rio Branco, Acre, 27 de outubro de 2020

Governo implanta projeto-piloto para avaliar clima organizacional

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), lançou nesta semana um projeto-piloto que busca elaborar um plano de ação com a proposta de garantir melhorias gerenciais baseadas nos dados coletados. Para isso, inicialmente, os servidores da Seplag irão responder a uma pesquisa de clima organizacional, e depois os demais funcionários da administração estadual serão consultados.

Desde o dia 30 de setembro a pesquisa está disponível para os servidores da Seplag. Os usuários não serão identificados ao enviar o formulário. O prazo para responder a pesquisa se encerra no dia 14 de outubro.

“O direcionamento correto a partir de um banco de dados irá nos permitir desenvolver uma política de recursos humanos focada em resultados, na valorização dos servidores e na melhoria dos serviços prestados pelo governo do Estado. Vamos replicar esta iniciativa nas demais secretarias da administração estadual”, destacou o secretário de Planejamento e Gestão, Ricardo Brandão.

A Pesquisa de Clima Organizacional é uma importante ferramenta de gestão estratégica que, por meio da coleta de dados, fornece informações importantes sobre a percepção dos servidores em relação aos diversos fatores que afetam os níveis de motivação e desempenho e refletem diretamente na prestação de serviço.

Elen Glória da Silva, servidora da Seplag, considera importante responder a pesquisa. “Podemos apontar o que pode ser melhorado. Isso nos dá clareza para ajudar a executar melhor nosso trabalho”, disse.

De acordo com o diretor de Gestão de Pessoas, Guilherme Duarte, o projeto-piloto busca medir o nível de satisfação dos servidores, detectar aspectos positivos e oportunidades de melhoria, fornecer elementos para a tomada de decisões de trabalho e à gestão de pessoas. Serão avaliados com a pesquisa: autonomia, quantidade e qualidade, comunicação, remuneração, carreira, relacionamento interpessoal, treinamento, valorização profissional, condições físicas de trabalho, imagem da secretaria e trabalho em equipe.

“Vamos receber informações importantes sobre a percepção em relação aos diversos fatores. Através dessas informações, teremos elementos para a tomada de decisões relativas às condições de trabalho e à gestão de pessoas, nos permitindo elaborar um plano de ação onde buscaremos melhorias gerenciais”, enfatizou o diretor.

Para apresentar a pesquisa e falar da importância do processo de construção de novas diretrizes dentro da administração pública, o secretário de Planejamento e Gestão, Ricardo Brandão, reuniu os servidores em pequenos grupos no Teatrão. Os encontros começaram a ser realizados na quinta-feira, 24, e foram encerrados na terça-feira, 29.

“Entusiasmo e motivação são essenciais para alcançar resultados”, diz secretário de Planejamento

O secretário convocou os servidores para que em conjunto pudessem trabalhar na reconstrução da secretaria e da prestação do serviço público estadual. “O entusiasmo e motivação são essenciais para alcançar resultados. Teremos vários encontros para buscar construir uma nova realidade. Estou aberto a ouvir as demandas dos servidores, temos um grande desafio pela frente”.

Brandão apresentou também a situação orçamentária do Estado. Pontuando que o elevado índice de déficit previdenciário. “Temos trabalhado para buscar melhorar nossa receita, vamos precisar fazer mudanças estruturantes para atingirmos as condições satisfatórias. Saliento aqui que todas as ações da secretaria precisam estar em consonância com as leis”, reforçou.

Outro ponto abordado durante os encontros é sobre a ampliação da oferta de cursos e treinamentos a servidores públicos. Em 2019, 1.600 servidores foram qualificados. Neste ano, em razão da pandemia do novo coronavírus, as capacitações estão sendo oferecidas na modalidade a distância. Atualmente estão disponíveis 13 cursos online. Até final de outubro serão 30. Para 2021, a proposta é ampliar ainda mais a oferta.

O secretário lembrou ainda que o processo de valorização dos profissionais também pode ser medido pelas condições de trabalho. Em razão disso, o prédio do Palácio das Secretarias está sendo reformado. A reestruturação inclui a redistribuição do espaço interno do prédio, assim como a revisão na instalação elétrica, manutenção da cobertura, pintura e alterações na fachada, bem como alguns reforços estruturais.

“Será oferecido um ambiente com instalações modernas e adequadas para o desempenho de suas atividades e também aos usuários, que contarão com estruturas melhores em seus atendimentos.”

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.