Rio Branco, Acre, 27 de outubro de 2020

Rocha faz críticas ao cartão ‘Avancard’ e ameaça denunciar caso ao Ministério Público

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O vice-governador Wherles Rocha (PSL) usou as redes sociais nesta quarta-feira (30) para fazer duras críticas e questionamentos sobre a forma de atuação do cartão ‘Avancard’ – que visa adquirir créditos aos servidores públicos.

Segundo o militar, caso haja necessidade, deverá procurar os órgãos fiscalizadores e, constatado indícios de crime, tomar as providências cabíveis. “Irei ao MP denunciar, reforçando a palavra já dita por alguns parlamentares acreanos”, garantiu.

O major enumerou inúmeros motivos que põe a empresa ‘Fênix’ em suspeição, dentre eles, os altos juros oferecidos aos trabalhadores.

“A taxa de juros adotada pela empresa de Manaus é astronômica. Enquanto bancos estão oferecendo condições de taxas com média de 1,2%, a nova consignatária chega a 5,5%. Estaria a empresa tentando tirar até a última gota de sangue do servidor público e um curto espaço de tempo?”.

O ex-tucano lembrou que o percentual de endividamento do servidor público foi tema de lei na Aleac. O parlamento aprovou lei estabelecendo o percentual de 35% do salário como margem consignável.

“Com a empresa, o servidor ganhou um ‘plus’ que chega aos 50%, o que pode fazer com que exista um superendividamento dos servidores, uma vez que houve um aumento do percentual consignável a uma taxa exorbitante de juros”, ressaltou.

Fonte: Contilnet.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.