Rio Branco, Acre, 26 de outubro de 2020

Moradores do Ramal da Mariana pedem recuperação do ramal para escoar produção em Rodrigues Alves

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Com reportagens de Beatriz Santos, do Juruá Em Tempo
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Vários moradores do Ramal Mariana 2 estão com dificuldade de escoar sua produção e ir até a cidade. Segundo os moradores, quando chove o ramal fica intrafegável até para veículos com tração.

“Não tem como tirar a produção de jeito nenhum. Quando precisamos vir na rua, precisamos esperar um dia de sol. Nem pau de arara passa”, disse Adauto da Silva Oliveira, de 61 anos.

O produtor Raimundo de Souza, de 53 anos, desabafa: “A situação é crítica. Todo ano eles fazem um serviço meia boca, eu já fui até lá onde estão as máquinas, e o próprio tratorista disse que chegariam até o posto de saúde, se a máquina não quebrasse. Nem moto sai lá, e o que nós queremos é uma solução por parte da prefeitura”.

O secretário de Obras, Ronnie Van Azevedo da Silva, explica que as máquinas estão nos ramais trabalhando, mas ainda não chegaram na região do Ramal Mariana 2.

“Estamos trabalhando nos ramais. Estamos no Ramal União, estamos vindo por dentro e ainda não chegamos aonde estão querendo. Estamos fazendo boieiro, fazendo ponte, aterro. Estamos correndo contra o tempo”.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.