Rio Branco, Acre, 26 de novembro de 2020

Com mais de 400 casos de sífilis esse ano, Rio Branco inicia campanha contra a doença

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Por Redação Juruá Em Tempo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

A capital acreana registrou 405 casos de sífilis entre os meses de janeiro até agosto deste ano. Nesta segunda-feira, 26, o Ministério da Saúde iniciou a mobilização nacional de sensibilização das pessoas em relação ao diagnóstico e tratamento da doença e realiza várias ações como teste rápido, por exemplo.

As ações fazem parte de uma força-tarefa de integração por meio do ‘Sífilis Não’, Superintendência do MS e as áreas técnicas Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre).

O objetivo é sensibilizar a população sobre a importância e incentivo a prevenção, diagnóstico e tratamento da sífilis adquirida, sífilis em gestante e sífilis congênita.

Sobre a sífilis

A sífilis é uma doença infecciosa causada pela bactéria Treponema Pallidum. E pode se manifestar em três estágios: sífilis primária; sífilis secundaria e sífilis terciária.

Os maiores sintomas ocorrem nas duas primeiras fases, período em que a doença é mais contagiosa. O terceiro estágio pode não apresentar sintomas e, por isso, dá a falsa impressão de cura da doença contagiosa. E uma das grandes preocupações é a transmissão da mãe para o feto.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.