Rio Branco, Acre, 26 de novembro de 2020

Passageira denuncia falta de cinto de segurança em ônibus da Transacreana

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Por Redação Juruá Em Tempo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Incomodada com a falta de estrutura e segurança oferecida aos passageiros, a cruzeirense Isnaele Santos usou as suas redes sociais para fazer uma denúncia contra a empresa Transacreana, que faz a rota Cruzeiro do Sul – Rio Branco.

A partir de uma foto, Isnaele aponta a ausência do cinto de segurança em sua poltrona. “Essas empresas de ônibus de Cruzeiro do Sul/Rio Branco não se importam com as vidas que transportam. Muitas pessoas não gostam de usar o cinto de segurança; eu, porém, me sinto mais segura com o cinto. Quando você vai reclamar, simplesmente ouve que não pode fazer nada… que está tudo lotado”, desabafa Isnaele.

A passageira faz o seguinte questionamento: “Aí eu pergunto, por que vendem poltronas sem cinto de segurança? E depois vêm passando dizendo: ‘Por favor todos coloquem o cinto, pois sem cinto você fica mais vulnerável em um acidente’. Pura hipocrisia! Indignada, pois só pensam em vender e não fazem vistoria nas poltronas que estão sem cinto de segurança”, desabafou.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.