Rio Branco, Acre, 28 de novembro de 2020

Após ser alvo de operação da PF, Antônia Sales diz que não teve pedido de prisão feito à Justiça

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Assessoria.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Os advogados da deputada estadual Antonia Sales (MDB) emitiram nota sobre as especulações de que a parlamentar estaria afastada das atividades na Casa de Leis, e ainda, de que a Polícia Federal teria solicitado a prisão da parlamentar ao Tribunal Regional da 1ª Região, no âmbito da Operação Dirty Safe, deflagrada nesta quinta-feira, dia 29.

Segundo o advogado João Tota Filho, responsável pela defesa da deputada estadual, a única ordem judicial recebida pela deputada determina que ela não mantenha contato com nenhum dos investigados, sejam colegas deputados ou servidores da Assembleia Legislativa. Isso inclui ainda os demais alvos da operação.

“A defesa da nobre deputada lamenta que setores tendenciosos da mídia, precipitadamente, tenham distorcido a realidade dos fatos e estejam tentando, em vão, fazer uso político do episódio, na tentativa de comprometer quem, na verdade, não possui qualquer envolvimento nos fatos e encontra-se serena com mencionada investigação”, pontuou a nota do advogado.

A deputada federal Jéssica Sales (MDB) também saiu em defesa da mãe, a deputada Antonia Sales. “Minha mãe é um exemplo para qualquer parlamentar dessa país seguir. Ela é uma mulher íntegra, de caráter, que deixou seu país para traz e desde que chegou ao Acre colocou sua vida a serviço da população mais carente”, destaca Jéssica

Em tom de desabafo, Jéssica Sales destaca que toda população do Acre conhece a seriedade de Antonia Sales. “Não é à toa que ela é chamada de ‘a mãe do Juruá’. Ela é uma pessoa que só faz o bem e está à disposição e tranquila para fazer todos colaborar com as autoridades responsáveis pela investigação”, finaliza Jéssica Sales.

Uma ex-servidora do gabinete de Antonia Sales também fez a defesa da deputada. Ela relembra o episódio em que foram encaminhados cheques de diárias de viagens que a parlamentar não participou, mas mesmo assim, foi colocada na lista de participantes de eventos realizados fora do Acre.

“Antonia Sales jamais cometeria atos de corrupção. Lembro que levei cheques de diárias encaminhados pelo financeiro do Poder Legislativo. Ele me olhou e mandou eu devolver os pagamentos porque ela não tinha participado das agendas fora do Estado. Este é apenas um dos exemplos de sua retidão na vida pública”, destaca a ex-servidora.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.