Rio Branco, Acre, 18 de janeiro de 2021

Edvaldo solicita revisão ‘urgente’ na decisão da ANAC que impede pousos e decolagens em Thaumaturgo e Porto Walter

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Por Redação Juruá Em Tempo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Em pronunciamento na Assembleia Legislativa do Acre, na sessão online desta terça-feira (1º), o deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) solicitou providências à Mesa Diretora da Casa para que encaminhe expediente com urgência ao Palácio Rio Branco para tratar a respeito da situação dos aeródromos de Marechal Thaumaturgo e Porto Walter.

Uma decisão da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) interditou os pousos e decolagens, alegando falta de manutenção dos dois aeródromos por parte do governo do Estado. Edvaldo Magalhães defendeu a intervenção imediata do governo por meio do Deracre e da Seinfra para fazer a recuperação das pistas e as cercas para evitar a entrada de animais e pessoas nos espaços de pouso e decolagem. O parlamentar pede, também, uma rápida atuação da bancada federal junto à ANAC para sustar a decisão.

Edvaldo Magalhães pontuou que a decisão da Agência fere de morte os trabalhadores do sistema aeroviário, bem como coloca em risco a manutenção de serviços e relações comerciais e administrativas dessas cidades isoladas do Acre com os grandes centros urbanos.

“Só pode funcionar com emergência médica com prévia autorização. Até que chegue essa autorização, o paciente vai morrer. Eu vou formalizar à Mesa Diretora para que a gente possa oficializar imediatamente o governo do Estado e a bancada federal para sustar essa medida. Um tapa-buraco é coisa rápida para ser feita. Ambos tem condições de operação. A cerca se faz rapidamente. Aliás, já existem um cercado, é preciso apenas reparar isso”, pontua.

  • Assessoria.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.