Rio Branco, Acre, 8 de março de 2021

Empresa aérea confirma interesse em voar para o Acre no próximo ano

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Muito em breve o Acre poderá ganhar uma nova empresa regional de transporte aéreo de passageiros. Nesta terça-feira, 15, a direção da Omni Táxi Aéreo confirmou ao governador Gladson Cameli o interesse de se estabelecer no estado a partir do primeiro semestre de 2021.

A proposta inicial da empresa é ofertar quatro voos semanais durante o dia entre as cidades de Rio Branco, Cruzeiro do Sul, Manaus (AM) e Porto Velho (RO) em aeronave bimotor modelo ATR 42-500, com capacidade para até 47 passageiros.

Grande entusiasta da aviação, Gladson Cameli afirmou aos diretores da companhia aérea que os acreanos merecem ter outras opções para se locomoverem dentro ou fora do estado com mais rapidez. O gestor assegurou ainda o total apoio do governo para que o processo de instalação no Acre ocorra sem burocracias e no menor tempo possível.

“O nosso estado recebe essa empresa de portas abertas. Não podemos aceitar mais a cobrança de preços abusivos ou a falta de interesse de outras companhias em voar para o Acre. No que depender da nossa competência, faremos de tudo para que os voos sejam iniciados o quanto antes”, explicou.

Como forma de atrair a operação de empresas de transporte aéreo para o Acre, o governo de Gladson Cameli reduziu a alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do combustível de aviação de 25% para 3% para companhias que realizarem voos diurnos, a menor taxa do país.

“Estaremos dando um grande passo com a vinda da Omni para o Acre. Será uma excelente opção de transporte aéreo para a população, assim como contribuirá para o desenvolvimento do nosso estado”, ressaltou o secretário de Indústria, Ciência e Tecnologia, Anderson Lima.

“Preços das nossas passagens serão mais baratos que os da concorrência”, afirma CEO da Omni

O CEO da Omni, Roberto Coimbra, participou da reunião por meio de videoconferência. Ao governador Gladson Cameli, o executivo deixou claro que a capital acreana servirá como base das operações da empresa na região Norte do país.

Na oportunidade, Coimbra apresentou o estudo elaborado pela Omni na composição dos valores das passagens que serão cobrados em seus itinerários. Na maioria das simulações, os preços são mais atrativos em relação aos praticados atualmente no mercado.

“Se o cliente comprar os bilhetes com 15 dias de antecedência, o nosso valor é 44% menor em comparação com a empresa concorrente. Em bilhetes comprados 24 horas antes do voo, a diferença pode chegar a 70%”, observou.

Vislumbrando o potencial da região, Coimbra citou até mesmo a possibilidade do estabelecimento de rotas internacionais. “Acreditamos muito no sucesso da nossa empresa no Norte, assim como daremos a nossa contribuição na aviação local. Futuramente, podemos verificar a viabilidade de voos para Pucallpa, no Peru”, disse.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.