Rio Branco, Acre, 3 de março de 2021

Homem condenado por estuprar filha adotiva durante seis anos é preso em Manaus

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Por Redação Juruá Em Tempo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Um homem de 48 anos foi preso, nesta quarta-feira (23), por estuprar a filha adotiva durante cerca de seis anos em Manaus. A vítima denunciou, em 2009, época que tinha 10 anos, que os crimes ocorriam desde quando ela tinha 4 anos.

A sentença do crime saiu este ano, 11 anos depois da denúncia. Ele foi condenado, por estupro de vulnerável, a 23 anos e quatro meses de prisão em regime fechado.

De acordo com a Polícia Civil, o homem tentou se esconder no guarda-roupas quando a polícia chegou na casa para cumprir o mandado de prisão, mas ele foi encontrado.

A delegada Joyce Coelho, da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), contou que o crime foi denunciado pela vítima em 2009. A filha adotiva contou para uma colega da escola que não queria mais morar com o pai por conta dos abusos.

Ainda segundo a delegada, a colega relatou a situação para a mãe, que buscou a diretoria da escola para cobrar providências. A menina denunciou que sofria os abusos desde que tinha 4 anos.

A vítima relatou, ainda, que a situação piorou depois que mãe morreu e ela teve que ficar sozinha em casa com o pai. A criança foi morar com a avó durante as investigações.

O homem, também suspeito de outros estupros, deve cumprir pena em um presídio de Manaus.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.