Rio Branco, Acre, 22 de janeiro de 2021

Idosos casados há 57 anos morrem de Covid-19 no mesmo dia em Taubaté, SP

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Com informações G1
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Dois idosos casados há 57 anos morreram de Covid-19 em Taubaté (SP) nesta segunda-feira (30), com apenas uma hora de diferença um do outro, de acordo com familiares. Roberto Küne, de 82 anos, e Magally Küne, de 79, estavam internados fazia 15 dias.

Filha do casal, Patrícia Küne conta que os pais estavam tomando os cuidados para não se contaminar com o coronavírus, mas a mãe seguia trabalhando. A família gerencia uma casa de massas há mais de 20 anos na avenida Independência. Com a reabertura do comércio, Magally manteve o espaço funcionando, mas com restrições.

Ela e o marido foram diagnosticados em 15 de novembro e hospitalizados juntos, mas a mãe foi liberada horas mais tarde. No dia seguinte, com a piora no quadro, ela teve de retornar ao hospital, onde permaneceu internada.

Patrícia conta que, durante o isolamento no hospital, Magally e Roberto foram deixados juntos e faziam chamadas para a família.

“Minha mãe não conseguia ficar triste de estar internada, porque ela queria ficar com meu pai. Eles não se separavam de forma nenhuma”, conta a filha.

A última mensagem da mãe para a filha foi enviada quando o quadro do pai, que tinha comorbidades, se agravou e ele teve de ser transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

“Ela só me disse que queria ir lá com ele, que não queria ficar longe. Depois dessa mensagem, ela piorou e precisou de equipamentos para respirar. E então foi levada com ele para a UTI”, relembra.

Casal morre de Covid-19 em Taubaté; Roberto e Magally estavam juntos há 57anos — Foto: Arquivo Pessoal/Patrícia Küne

Casal morre de Covid-19 em Taubaté; Roberto e Magally estavam juntos há 57anos — Foto: Arquivo Pessoal/Patrícia Küne

A família teve de acompanhar o casal de longe, com as restrições de visita por causa da Covid. Nesta segunda, o hospital chamou a família para comunicar que Roberto havia falecido e que uma hora depois a mãe também não resistiu e morreu.

“Ela não o deixava, e não deixou nem neste momento. Está doendo muito, mas temos consolo em saber que os dois estiveram juntos até o fim”, afirma Patrícia. O casal deixa outros dois filhos e cinco netos.

Neste momento de luto, Patrícia alerta para a importância de se reforçar o cuidado diante da pandemia.

“As pessoas precisam se cuidar, por elas e pelos demais. Ao menor dos sintomas, não saiam de casa. Às vezes, pensamos que com a gente não vai acontecer, mas acontece.”

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.