Rio Branco, Acre, 1 de março de 2021

Mãe some por medo de linchamento de vizinhos após filhos morrerem queimados

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Caio Evangelista Monteiro, de 2 anos, Diogo Evangelista Monteiro, 4, e a bebê Vitoria Sofia foram carbonizados.

Jociane Evangelista Monteiro, mãe das três crianças carbonizadas na noite de sábado (19), no bairro Calafate, em Rio Branco, está sumida e não retornou à sua residência, após ser liberada em audiência de custódia, realizada no domingo (20).

Segundo informações apuradas pelo ContilNet por meio de conhecidos, Jociane está em local onde apenas a família tem conhecimento. No entanto, ela não pode se ausentar da capital.

O motivo do recolhimento é que ela teme por represálias por parte de moradores, devido a repercussão e comoção que o caso tomou.

Ainda de acordo com relatos, a mãe não tratava bem as crianças no dia a dia. “Ela não era de cuidar bem deles, eles passavam necessidades, a gente tinha pena deles e não podia fazer nada. Além disso, deixava os garotos sozinhos aos fins de semana”, ressaltou.

As vítimas, Caio Evangelista Monteiro, 2 anos; Diogo Evangelista Monteiro, 4, e a bebê Vitoria Sofia, de 8 meses, estavam sozinhas no momento do acidente.

ContilNet

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.