Rio Branco, Acre, 1 de março de 2021

Hospital de Cruzeiro do Sul sofre redução do fornecimento de oxigênio para pacientes com Covid-19

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O oxigênio fornecido ao Hospital do Juruá tem prazo para acabar caso uma nova unidade geradora não seja instalada. Em nota emitida neste domingo, 24, a Associação Nossa Senhora da Saúde (Anssau), responsável pelo Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul, afirma que houve diminuição na oferta de oxigênio para os pacientes internados.

De acordo com a Anssau, a falha no fornecimento é resultado do aumento de internações de pacientes com Covid-19 na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

“Houve um aumento de modo exponencial no consumo de oxigênio medicinal o que causou sobrecarga em uma das unidades geradoras (usina) fazendo com que a mesma apresentasse uma falha operacional. Tal falha resultou na diminuição da produção de oxigênio”, explica a nota.

Ainda segundo o comunicado, os técnicos tomaram todas as medidas necessárias para solucionar o problema e que não houve prejuízo no tratamento dos pacientes. Mas ressaltou que a redução do nível de oxigênio, deverá se estender por alguns dias, até a instalação de nova usina.

“Informamos ainda que a retomada em uma produção maior de oxigênio está prevista para os próximos dias mediante a instalação de uma nova unidade geradora”.

O boletim do último sábado, 23, informa o Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul, tem 48 pacientes com Covid 19, sendo 35 na clínica Covid e 13 na UTI. Foram dadas quatro altas e não houve óbitos.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.