Rio Branco, Acre, 5 de março de 2021

Saiba como denunciar irregularidades na campanha de vacinação contra Covid-19

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Denúncias podem ser realizadas pelo fone: (68) 3224-7546

Comprometido em garantir que toda a população acreana seja imunizada e, que não ocorram desvios, ou, o popularmente “furar fila” da vacina contra Covid-19, o governador Gladson Cameli, anunciou um disque denúncias para que sejam registradas quaisquer irregularidades referentes ao descumprimento das fases de imunização.

“Não vou tolerar nenhum ato de desvio ou de privilégio”, disse o governador ao realizar o anúncio no último sábado, 23, após notícias que desvios das vacinas estariam ocorrendo em outros estados.

Além do disque denúncia, o secretário de Estado de Saúde, Alysson Bestene, reitera que o Acre possui um sistema que se conecta com os sistemas nacionais. “Essa distribuição aos municípios é acompanhada e monitorada por nós, como por exemplo, de quantas doses eles estão utilizando nos grupos prioritários”, explicou.

Ainda, de acordo com o secretário, as ferramentas de fiscalização “são uma parceria com o Ministério Público do Acre, que também tem acesso ao sistema para que assim não tenhamos o registro de irregularidades. Além disso, estamos em contato direto com a equipe do Programa Nacional de Imunização e realizando a organização de forma criteriosa para que as fases da vacinação sejam respeitadas”.

O Acre foi o primeiro estado a apresentar o plano de vacinação contra Covid-19, fazendo com que fosse um dos primeiros a receber as primeiras doses da vacina Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan e enviadas pelo Ministério da Saúde. Foram mais de 40 mil doses destinadas aos profissionais de saúde que trabalham na linha de frente de enfrentamento ao coronavírus, indígenas e idosos com 60 anos ou mais institucionalizados.

O estado recebeu do Ministério da Saúde, neste domingo, 24, mais um lote de vacinas, com mais de 5 mil doses, produzidas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) – a AstraZeneca/Oxford – para que sejam imunizados mais 27% do público prioritário de profissionais da Saúde da linha de frente à Covid-19.

Agência de Notícias do Acre

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.