Rio Branco, Acre, 26 de fevereiro de 2021

“Toque de recolher” no Acre vai durar 30 dias; entenda como vai funcionar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O decreto que estabelece “toque de recolher” por 30 dias no Acre, das 22h às 6h, a partir desta segunda-feira (25) deve ser publicado em uma edição extra do Diário Oficial do Estado.

A medida proíbe o funcionamento de estabelecimentos dos chamados serviços não essenciais, mas não impede as pessoas de saírem de suas casas.

Aglomerações em espaços públicos ou privados estarão proibidas. Restaurantes, pizzarias, lanchonetes e serviços semelhantes devem, durante o horário de proibição, atender via delivery.

A decisão do governador Gladson Cameli é tomada após o avanço dos casos de covid-19 no Acre e a superlotação dos hospitais com pacientes infectados pelo vírus. O governo espera que essa medida ajude a reduzir o crescimento da doença no Acre para que o estado não sofra à semelhança do Amazonas, Rondônia e interior do Pará, onde há falta de UTI’s.

As instituições de Segurança pública (polícias Militar e Civil e Corpo de Bombeiros) vão fiscalizar o cumprimento do “toque de recolher” nas 22 cidades do Acre e estão autorizadas por lei a fechar os estabelecimentos que descumprirem o decreto.

Informações Luciano Tavares – Notícias da Hora

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.