Rio Branco, Acre, 21 de abril de 2021

Bocalom vai demitir jornalista que perguntou Bolsonaro sobre rachadinha de Flávio Bolsonaro

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O prefeito Tião Bocalom vai exonerar o jornalista João Renato Jácome, que ocupa uma Chefia de Gabinete da Secretaria de Meio Ambiente de Rio Branco. A informação foi dada pelo próprio prefeito ao repórter Adailson Oliveira, da TV Gazeta.

O repórter estava a serviço do jornal O Estado de S. Paulo quando perguntou a Jair Bolsonaro, nesta quarta-feira, o que ele achava do STJ ter anulado a quebra do sigilo bancário do senador Flávio Bolsonaro, filho do investigado pela prática rachadinhas.

O presidente estava no Acre anunciando ajuda financeira ao estado e prefeituras para conter a epidemia de dengue, cheias dos rios e pandemia de Covid.

Bolsonaro não respondeu., Pegou o microfone e, antes de várias autoridades, encerrou a coletiva de imprensa, contrariando o Cerimonial ainda no Aeroporto Internacional de Rio Branco, antes de embarcar de volta para Brasília.

Bocalom entende que, como assessor da prefeitura, o jornalista não podia ter constrangido o presidente, “especialmente por que ele (Bolsonaro” “veio ao Acre para ajudar”.

O jornalista disse ao Acjornal que ainda não foi comunicado da demissão e estava trabalhando normalmente. “Prefiro não me manifestar”, disse.

A reportagem ligou para a Semeia e foi informada sobre a demissão “está sendo comemorada” na secretaria.

Fonte: ACJornal.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.