Rio Branco, Acre, 2 de março de 2021

Flamengo vence o Corinthians e segue na cola do Inter no Brasileirão

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O Rio de Janeiro não tem Carnaval em 2021, mas, neste domingo, reservou uma emoção aflorada com dois jogos simultâneos e decisivos na briga pelo título do Campeonato Brasileiro. No Maracanã, o Flamengo recebeu o Corinthians, enquanto o Internacional visitou o Vasco, em jogos pela 36ª rodada. E, assim como o Colorado, o Rubro-Negro fez a sua parte: venceu por 2 a 1, com gols de Willian Arão e Gabigol; Léo Natel anotou para os visitantes.

Vice-líder, o Flamengo passa a somar, agora, 68 pontos, ainda um atrás do Inter, o rival da próxima rodada (“decisão”) e que venceu o Cruz-Maltino em São Januário (por 2 a 0). O Corinthians, por sua vez, estaciona nos 49 pontos e se complica na briga por vaga na Libertadores-2021.

GOL LÁ, GOL CÁ… INÍCIO FRENÉTICO

O jogo se desenhou no campo ofensivo do Flamengo, que apostou na movimentação das peças de frente e na recuperação da posse sem permitir os contragolpes. No início, houve finalizações em profusão do Rubro-Negro.

E, com dez minutos, Arrascaeta cobrou uma falta na cabeça de Arão: 1 a 0. O Fla seguiu em cima, pôs uma bola no travessão, em testada de Bruno Henrique, porém foi o Corinthians que voltou a alterar o placar. Araos encontrou espaços na defesa do rival e achou Léo Natel, que empatou dez minutos depois.

CALOR ESFRIOU O JOGO

Foi um começo frenético para um jogo que prometia ares de final. No entanto, a segunda metade da etapa inicial foi de tramas previsíveis e sem perigo para ambos os goleiros. Para o Corinthians, diante da estratégia reativa, o cenário era positivo. Já para o Flamengo, não.

É provável que o forte calor tenha esfriado a partida até o intervalo, sobretudo o ímpeto do Fla, afetado por uma momentânea morosidade em seu meio.

HOJE TEVE GOL DO GABIGOL – E TENSÃO

O segundo tempo voltou com os times recarregados. Em bom escape, o Corinthians espetou com Mosquito pela direita, obrigando Hugo Souza a trabalhar. E o Flamengo seguia com mais volume. Eis que tornou a marcar.

Mas não sem antes de uma pausa dramática. Gabigol escorou para a rede após passe de Everton Ribeiro e, como a posição era duvidosa, o VAR entrou em ação. O jogo ficou parado por alguns minutos, contornados de tensão. Reclama dali, daqui, até que o gol, marcado novamente aos 9′, foi confirmado: 2 a 1.

FINALZINHO SEM REVIRAVOLTA

Vagner Mancini mexeu em todo o sistema ofensivo, pôs Jô para incomodar os zagueiros rubro-negros, mas o Corinthians não encontrou soluções cristalinas para deixar o Rio pontuando. O Fla se apegou à cadência e administrou a vantagem, fazendo o dever de casa.

OS PRÓXIMOS JOGOS

Na rodada que vem, o Flamengo joga a “final” mais “final” até aqui: contra o Inter, no próximo domingo (21), às 16h, no Maracanã. Já o Corinthians recebe o Vasco, na Arena, no mesmo dia e horário.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.