Rio Branco, Acre, 3 de março de 2021

Governador Gladson Cameli trabalha com a expectativa de receber mais de 400 mil doses de vacina na quarta-feira

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Leandro Altheman - Juruá em Tempo
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Confiante de que as conversações com o governo federal rendam resultados ao estado, o governador Gladson Cameli acredita que o Acre poderá receber mais de 400 mil doses de vacina nesta quarta-feira, 24.

Há dois cenários possíveis. No primeiro, o Acre receberia do Ministério da Saúde apenas 77.540 doses, o que atenderia somente o grupo dos idosos acima de 70 anos e trabalhadores da saúde.

No segundo cenário, mais promissor, o estado receberia um total de 482.540 doses de vacina, sendo 288.040 do Instituto Butantã e 194.500 doses da Astra Zeneca. Caso se confirme este cenário mais otimista, o Acre poderia vacinar todos os grupos prioritários.

Segundo o governador, isso se deve à priorização feita pelo Ministério da Saúde para o Amazonas, devido à nova variante, que fez com que uma porcentagem de 2,5% das doses destinadas aos demais estados fossem encaminhados ao Amazonas.

As negociações para que o Ministério da Saúde inclua o Acre nas prioridades e receba mais doses do que o inicialmente previsto, se dão em função do agravamento pelas enchentes, crise migratória e surto de dengue, que puseram o estado em calamidade pública, já reconhecida pelo governo federal.

Além disso, há uma possibilidade muito concreta, embora ainda não testada, de que a variante de Manaus da COVID 19 já esteja circulando no Acre. O aumento exponencial no contágio justifica essa possibilidade. Estes tem sido os argumentos do governador Gladson Cameli junto ao governo federal em favor da priorização do Acre no recebimento das vacinas.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.