Rio Branco, Acre, 18 de abril de 2021

Acre é quinto estado com maior número de mortalidade infantil do país, diz Fundação Abrinq

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Por Redação Juruá Em Tempo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O estado acreano é o quinto com a maior taxa de mortalidade infantil do país, segundo mostram dados da edição de 2021 do Cenário da Infância e da Adolescência no Brasil. A publicação foi divulgada pela Fundação Abrinq nesta semana.

Os dados integram o site Observatório da Criança e do Adolescente, mantido pela fundação e leva em consideração dados de 2019 e aponta uma taxa de 15,9 mortes para cada mil nascidos vivos no Acre.

Os dados apontam que o Acre fica atrás apenas dos estados do Amapá (18,8); Roraima (18,1); Sergipe (17,3) e Amazonas (16).

Com os maiores índices do país, os estados ficam acima da média nacional que é de 12,4 e até mesmo da região norte que teve uma taxa de 15,1.

Em 2018, o estado também figurava no grupo dos cinco com maiores índices do país com 16,5, o que mostrava um aumento em relação a 2017 que marcou 13,6.

No Brasil, a probabilidade de um recém-nascido não completar o primeiro ano de vida era de 12,2 em 2018, essa perspectiva diminuiu em 2019, quando a taxa foi para 12,4.

  • Com informações do G1 Acre.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.