Rio Branco, Acre, 23 de abril de 2021

Acre poderá ficar sem oxigênio para tratamento de Covid-19: “já está no MS”, diz secretário Alysson

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Na manhã desta quinta-feira (11), comissão especial da Covid-19 na Assembleia Legislativa debateu a suposta possibilidade de falta de oxigênio em hospitais das redes pública e privada do estado do Acre.
Quem levantou a pauta foi o deputado Jenilson Leite (PSB), médico infectologista. O deputado explicou que os fornecedores brasileiros já anunciaram a falta de matéria-prima para atender a demanda necessária para todo o Brasil.

“A fila de UTI está longa; a fila para chegar no ponto de oxigênio está longa; os municípios já estão em crise; hospitais particulares já estão sem oxigênio por conta da quantidade de gente adoecendo e recursos que dispomos”, declarou Jenilson.

Alysson Bestene, secretário estadual de Saúde, confirmou que o governo do Acre já fez a notificação ao Ministério da Saúde e solicitou o auxílio imediato para resolver tal situação.

O deputado Pedro Longo, líder do governo na Aleac, afirmou na Comissão Covid-19 que essa situação de calamidade precisa de soluções imediatas; e garantiu que o estado do Acre está agindo com muita responsabilidade no combate da situação atual.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.