Rio Branco, Acre, 18 de abril de 2021

Edvaldo chama atenção de Gladson e diz que convocação de cadastro de reserva foi uma promessa de campanha

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Assessoria.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) comentou as declarações do governador Gladson Cameli (Progressistas) de que não vai mais convocar o restante do cadastro de reserva da Polícia Militar. O líder da oposição na Aleac disse que os parlamentares têm que insistirem no assunto até o problema ser resolvido.

Magalhães salientou que a convocação destes jovens é uma necessidade da Segurança Pública do Acre e o aproveitamento destes no Corpo de Bombeiros do Acre é uma possibilidade real. Ele defendeu que Gladson deixe as questões políticas de lado e convoque os mais de 175 candidatos que ainda não foram chamados.

“A convocação desses jovens é uma necessidade, é o cumprimento de um compromisso e a realização de um sonho. E nós, aqui na Assembleia, precisamos ficar batendo nesta tecla até que se cumpra o compromisso. Não podemos permitir que as pessoas entrem em depressão porque foram enganadas pelo governador. Portanto, vamos superar e vamos tirar a birra”, disse o parlamentar acreano.

Edvaldo Magalhães lembrou, ainda, que esta foi uma das promessas de campanha de Gladson Cameli. O candidato, na época, assinou um documento se comprometendo a chamar “todos” do cadastro de reserva da PMAC. “Portanto, ele assumiu um compromisso de campanha. Não pode agora fazer beicinho, ficar chateadinho porque estão cobrando”.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.